quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Função Fática

Oi, Tudo bem?

Esta pergunta é um exemplo eloquente do que Roman Jakobson definiu como Função Fática da linguagem. Em suma, aquele que a faz não quer saber, de fato, como você está, antes quer apenas estabelecer contato para o seu bel prazer.

- Oi, Tudo bem?
- Não, estou com um Cân..
- Está certo, me empresta a Playboy da Geise Arruda, estou tendo aulas de Photoshop!

Caso esta pergunta fosse mesmo para valer, correríamos este risco:

- Oi, Tudo bem?

- As eleições na Paraíba estão um caos, estou estudando para a prova do mestrado sem saber se estarei habilitado para fazer, estão comprando votos na Zona Leste, a professora de literatura comparada não vai com a minha cara, agrediram Raissa Lacerda, preciso entregar um artigo até o mês que vem, a justiça parece só fiscalizar um dos lados e no fim do mês apresento meu TCC. Fora isso, está tudo bem!
(Qualquer semelhança...)

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Cunha Lima

Quase não tenho aparecido por aqui, são reflexos do fim da operação censitária, como também do fim da graduação (esta última, não estou bem certo se termino este ano). Neste meio tempo muita coisa ocorreu na Rainha da Borborema, menciono somente a vitória esmagadora que Cássio Cunha Lima conquistou perante seus adversários. Ricardo Coutinho obteve 130.157 sufrágios, o que representa 64,22% dos votos válidos na Cidade. Cunha Lima ainda foi fundamental na vitória de José Serra e na vitória de Efraim Morais (em Campina Grande), este último lutando contra a mídia, a prefeitura de Campina Grande e o Governo Lula. Neste primeiro turno, pode-se dizer que o grande nome foi o de Cunha Lima, que mesmo com a candidatura contestada pelo judiciário obteve mais de um milhão de votos, desta vez, sem prefeitura e sem governo do estado, para que não se diga que o mesmo detinha meios para fazer uso promocional... Confesso que senti um certo orgulho de ter nascido em uma cidade tão... Enfim, que não se curva perante pesquisas de opinião, muito menos perante a mídia governista.