segunda-feira, 31 de maio de 2010

Quando eu crescer...

Como seria a vida de um psicólogo se o mesmo pudesse dialogar, no sentido literal do termo, com Freud? Pois bem, esses dias consegui contato com o principal teórico da semiótica da canção no Brasil. Trata-se do músico e semioticista Dr. Luiz Tatit. Simpático e atencioso o teórico se comprometeu a esclarecer pontos que, para mim, ainda estiverem obscuros em minha pesquisa e sinalizou certa alegria por sua teoria estar sendo útil.

Quando eu crescer quero ser igual a ele.

domingo, 9 de maio de 2010

Influenziado

Após semanas de reflexão decidi enfrentar a vacina contra a gripe H1N1. Afinal, participo de congressos em outros estados e, com minha contratação para o censo, estarei em contato com pessoas das mais diversas regiões.
Com um tanto de medo, fui ao Shopping Luiza Motta, em Campina Grande, onde estava instalada uma base do Dia D, enfrentei a fila...
Recomendo, o troço não dói, a reação varia de pessoa para pessoa e, após a vacina, é só não ingerir álcool por 24 horas (talvez a única coisa ruim da vacina).
Enfim. Tomem a vacina ou morram com uma simples gripe [sem pressão].

sexta-feira, 7 de maio de 2010

De volta!

Bem, como se pode perceber, não tive como postar durante esta semana a respeito de minha estadia no Garden Hotel, em virtude do treinamento dos supervisores do IBGE.
De volta a minha casa, retomo a rotina de um estudante universitário em ano de conclusão de curso e, na segunda-feira, supervisor do Censo 2010. O treinamento ocorreu em um nível altíssimo. Oferecendo, além de todas as instruções necessárias para o inicio dos trabalhos, um conforto fora do comum a mim e aos meus pares.
O hotel é simplesmente deslumbrante: serviço de quarto eficiente, boa comida, tranqüilo, além de seus salões anexos, muitos dos quais fazem parte do Centro de Convenções Raymundo Asfóra [este, integrado ao hotel].
Durante o treinamento me tornei conhecido como André de Caturité (Uma vez que existia mais de um ser na sala com este nome eramos destinguidos pelo nome da cidade na qual trabalharemos). E, após o assalto que houve na Agência do banco do Brasil desta cidade, passei a ser chamado de André de Caturité do Banco assaltado.
Enfim, conheci muitas pessoas com as quais pude trocar experiências e, acima de tudo, considero-me [dentro de minhas limitações] preparado para o trabalho...

E que venha a segunda-feira!



Ps: O hotel é maravilhoso, mas é excelente estar de volta à minha casa.

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Bem,

A partir de hoje minha residência oficial é o Garden Hotel, em Campina Grande. Em virtude do treinamento para a operação censitária de 2010, passarei uma semana por aqui, convivendo com outros supervisores, estudando minhas obrigações dos próximos seis meses e vivendo o glamour de estar hospedado no melhor hotel de minha cidade.

Desta vez, tenho a oportunidade de iniciar do início, tendo acesso a este treinamento tão necessário para um bom trabalho no município para o qual fui aprovado. Espero ter tempo de, todo dia, postar detalhes de minha estadia por aqui, por hora, vou tomar banho e trocar de roupa, esta noite teremos uma palestra, uma espécie de aula inicial.